“O homem é um sujeito social que, por natureza, precisa pertencer a uma colectividade.” Aristóteles

A vida em sociedade depende do equilíbrio entre os interesses individuais e o interesse da comunidade.

A manutenção desse equilíbrio é garantida pelo estabelecimento de princípios e regras que regem os comportamentos em sociedade facilitando assim a convivência entre pessoas de meios e culturas diferentes. As regras de conduta social ajudam-nos a ser mais civilizados e mais solidários.

A sociedade integra inúmeras comunidades cujas características específicas criam afinidades entre os seus membros. Cada uma destas comunidades estabelece regras de acordo com as suas especificidades. São exemplos destas comunidades as classes profissionais (médicos, juristas, engenheiros, etc.), com os seus códigos deontológicos e as organizações e corporações (empresariais, políticas, religiosas, desportivas, etc.) com os seus regulamentos ou estatutos.

As regras estabelecidas por estas comunidades não devem contraditar as que regem a sociedade em geral. A vida em sociedade e em cada comunidade será tão mais harmoniosa quanto maior for o respeito pelos princípios e regras estabelecidos.

O eixo fundamental dos princípios e valores que regem uma sociedade permanece praticamente inalterado, mas as regras de funcionamento vão-se desenvolvendo à medida da evolução dos tempos e das mudanças que vão ocorrendo no mundo.

A natureza humana e a necessidade de pertença a uma comunidade desenvolvem na maioria das pessoas uma pretensão de reconhecimento e apreço. Sendo muito diversa a essência de cada um, são também diferentes as características que cada um espera ver apreciadas. Neste contexto, é natural e desejável a permanente busca pelo aperfeiçoamento dos atributos pessoais de forma a construir uma imagem positiva que revele uma postura distinta e comportamentos elegantes que se adequem a qualquer ocasião por mais exigente e formal que se apresente.

Encontros, reuniões, refeições, festas, viagens, concertos e outros acontecimentos culturais são eventos que fazem parte da vida social. A vida profissional inclui diferentes tipos de reuniões, palestras, convenções, feiras entre muitos outros eventos corporativos, mas cada vez mais tem uma forte componente social em que por vezes o cônjuge acompanha. Conhecer as premissas das posturas a assumir e os códigos de comportamento a cumprir nos diferentes momentos, em âmbito profissional e social, evita situações embaraçosas e reflecte um desempenho distinto.

Grande inteligência ou altas qualificações de pouco servirão se não forem acompanhadas por uma boa formação pessoal, factor determinante para alcançar uma imagem de excelência. A formação na área da Imagem e do Protocolo é uma ferramenta fundamental para quem ambiciona o sucesso.

O sangue herda-se, a virtude adquire-se.” Miguel de Cervantes

Manuel Pereira de Melo

Leave a Reply